Domingo, 20 de Setembro de 2015

"do Vale das Chitas à mata da Curvachia"

Iniciámos mais uma temporada de passeios pedestre com o novo percurso do Vale das Chitas à mata da Curvachia.

Este novo percurso com início em Martinela (Arrabal-Leiria) teve a extensão de 8 km e reuniu 20 participantes que poderam contemplar um encantador e desconhecido recanto da região.

WP_20150903_001.jpg

SAM_5697.JPG

 O Vale da Ribeira das Chitas (afluente do rio Lis), vale rural com vestígios arqueológicos, e a Mata da Curvachia serpenteada por trilhos entre carvalhos e vegetação mediterrânica de sombras densas que guardam um imponente carvalho secular e mais antigo de Portugal.

SAM_5708.JPG

 Neste vale encontraram-se vestígios pré-históricos, que se podem associar às comunidades que viveram há milénios no vale do Lapedo. 

SAM_5717.JPG

SAM_5721.JPG

 SAM_5723.JPG

SAM_5729.JPG

SAM_5735.JPG

 SAM_5737.JPG

 

 

 


publicado por aventura100limites às 13:14
link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Maio de 2015

"pelos trilhos do vale do Mogo"

 

 

 O vale do Mogo na localidade de Chiqueda situa-se a pouco mais de 3 km da vila histórica de Aljubarrota e a outros 3 km da cidade de Alcobaça.

Este novo percurso pedestre com 11 km de extensão integra-se num local único dominado por vegetação luxuriante, por onde serpenteia o pequeno curso de águae com passagem pelo "Poço Suão(Ão): gruta-nascente temporária que alimenta o Rio Alcoa; de acordo com a população local o termo resulta do som que ecoa pelo vale quando esta nascente rebenta e passa a debitar grande quantidade de água na Ribeira do Mogo; existe captação e condutas subterrâneas que abastecem a população local; A ocupação humana do vale, conduz-nos à pré-história"

SAM_5277.JPG

WP_20150517_001.jpg

 

WP_20150517_009.jpg

WP_20150517_09_08_41_Pro.jpg

 Conta a lenda de que o 1º Rei de Portugal D. Afonso Henriques foi ao cimo da Serra dos Candieiros e lançou sua espada para decidir onde mandaria construir o mosteiro agora situado em alcobaça, nesta localidade caiu a espada do Rei passando a ser chamada de Quiqueda(Aqui+Queda) sendo assim o nome veio da queda da espada e depois foi ePorém, e ainda segundo a lenda, os anjos da noite tiraram as marcações e levaram-nas para Alcobaça...e o Mosteiro foi construido no lindo vale banhado pelos rios Alcoa e Baça, evoluindo de Quiqueda para Chiqueda.

WP_20150517_019.jpg

SAM_5219.JPG

SAM_5223.JPG

SAM_5228.JPG

SAM_5231.JPG

SAM_5279.JPG

 


publicado por aventura100limites às 22:04
link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Fevereiro de 2015

da Estrada Romana ao Buraco Roto

Paisagens de beleza rara e carregadas de história foram encontradas pelos 26 participantes neste novo percurso com 12km de extensão e passagem pela Estrada Romana e o Miradouro Jurássico em Alqueidão da Serra, concelho de Porto de Mós e pela Pia da Ovelha e o Buraco Roto em Reguengo do Fétal, concelho da Batalha. Com mais de quinhentos anos de existência a freguesia do Reguengo do Fetal está rodeado de muita história e tradição.

14.jpg

 A antiga Estrada Romana fazia ligação entre a Nazaré e Tomar e terá servido principalmente à exploração de ferro pelos romanos.

SAM_5148.JPG

 O monumento dedicado ao período jurássico, situa-se a 500 metros de altitude, num local onde se podem avistar os castelos de Leiria e Porto de Mós, o Mosteiro da Batalha, permitindo ainda que se aviste o mar.21.jpg

 Pia da Ovelha, imponente forma curvada elevada por baixo de uma formação calcária, estalactite, de onde flui a água nos meses chuvosos. O seu nome justifica-se pelo facto de, outrora, os pastores aproveitarem a água retida para dar de beber ao gado.

WP_20150124_026.jpg

 SAM_5175.JPG

WP_20150124_039.jpg

 Gruta do buraco Roto, nesta cavidade cársica natural foram descobertos, durante escavações realizadas nos anos 1982 e 1986, materiais cerâmicos e vestígios de presença de hominídeos, relembrando um ritual funerário datado dos finais da Idade do Bronze.


publicado por aventura100limites às 15:26
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Noite das Bruxas

 Nesta "Noite das Bruxas"  25 pessoas juntaram-se ao grupo e percorreram encostas, montes, trilhos, e velhos caminhos de misticismo em plena mata da Curvachia em Leiria.

SAM_4915.JPG

 SAM_4917.JPG

 SAM_4925.JPG

 SAM_4927.JPG

 


publicado por aventura100limites às 22:22
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Setembro de 2014

"da Falca ao Vale Furado"

Para despedirmo-nos do verão e iniciar uma nova temporada de passeios pedestres nada melhor do que contemplar as paisagens que de melhor a nossa costa nos oferece com este percurso de 8 km entre falésias e praias quase selvagens entre a Falca e a praia do Vale Furado, concelho de Alcobaça.6

SAM_4714

19

18

 

Fale Furado14

11

SAM_4726

20

SAM_4850

SAM_4859

SAM_4865

SAM_4880

 


publicado por aventura100limites às 14:42
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Julho de 2014

"entre a serra e o mar"

Na 3ª edição deste passeio pedestre por trilhos de baixo grau de dificuldade com início em Famalicão de Nazaré e final em S. Martinho do Porto, os 32 participantes percorreram uma sucessão de praias e encostas espectaculares cheias de flores silvestres, onde a paisagem é de mar e falésias e poderam usufruir das mais bonitas paisagens desta costa incluindo a vista sobre as ilhas das Berlengas.

 Este percurso teve passagem pela Serra da Pescaria, Praia do Salgado e pela Serra dos Mangues e por fim o miradouro natural onde se pode contemplar as magnificas vistas sobre o mar e a baía de S. Martinho.
  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por aventura100limites às 22:38
link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Junho de 2014

pelos trilhos da lagoa

Neste percurso pedestre os 25 participantes conheceram um dos mais notáveis e bem guardados segredos paisagísticos e ambientais nas proximidades da mata Nacional do Urso, um lugar ímpar: a lagoa da Ervideira com cerca de 2 km de margem rodeada de altivos pinheiros e um espaçoso areal rodeado de pinheiros bravos, rosmaninho, alecrim, samouco… e ainda observar uma grande diversidade de peixes, anfíbios, répteis, mamíferos, aves…    

  

  

  

  

  

  

  

O percurso teve 14 km de extensão por trilhos rurais  ao longo de uma linha de água que abastecia os vários moinhos que fizeram parte da história desta localidade.

 


publicado por aventura100limites às 22:32
link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Maio de 2014

pelos trilhos do Rio Seco

 

Neste domingo organizámos mais um percurso pedestre com 8 km de extensão com paisagens sobre a serra da Maúnça e por trilhos rurais do Rio Seco (afluente do Rio Lis) e início na localidade com o mesmo nome.

Este percurso teve passagem por localidades do concelho da Batalha e de Leiria e contou com a presença de 32 participantes.

 

  

  

A localidade de Rio Seco, freguesia do Reguengo do Fétal faz fronteira a norte com a freguesia de Cortes onde os participantes deste percurso poderão conhecer a capela de Santa Bárbara (data de 1669), património da Paróquia das Cortes desde 28 de Setembro de 1976.

O terramoto de 1755 terá deixado esta capela bastante arruinada, não sendo de excluir que em 1873 se tenha restaurado. (Fonte: Jornal das Cortes)

  

  

tags:

publicado por aventura100limites às 13:40
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Abril de 2014

Rota dos Moinhos

Para comemorar o dia nacional dos moinhos organizámos este novo percurso com 10 km de extensão em Serro Ventoso por paisagens serranas de grande beleza e onde  podémos conhecer de perto os gigantes moinhos tradicionais movidos a vento que outrora serviram para a moagem de cereais e que pontuam estas paisagens. 

  

  

  

 

 

  

  

  

  

  

  

  


publicado por aventura100limites às 22:26
link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Janeiro de 2014

Travessia Invernal 2014

Nada melhor para iniciar este novo ano de 2014 do que esta nova travessia pedestre com 20 km de extensão e paisagens de beleza rara e de onde se pode avistar o mar.

Neste percurso atravessamos um canhão fluvio cársico de uma beleza incrível e no final, já na Pia do Urso os 27 participantes poderam visitar o Parque Eco sensorial e carregar energias nesta aldeia recuperada. 

  

  

 

 

  

  

 

 

  

  

  

  

 

  

  

 

  

  

  

 

 

 

 

 

  

 

 

  

Dizem os mais antigos que a designação da aldeia de (Pia do Urso) se ficou a dever ao facto de um urso aproveitar uma das pias existentes no maciço rochoso e aí beber água com frequência.

 


publicado por aventura100limites às 21:48
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.arquivos

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008